Exportações de calçados se recuperam no primeiro semestre e atingem níveis de 2019

Exportações de calçados se recuperam no primeiro semestre e atingem níveis de 2019

12/07/2021

Depois de experimentar um ano de queda em função dos impactos da pandemia da Covid-19, o setor calçadista brasileiro indica uma sensível recuperação nos embarques de calçados no primeiro semestre de 2021.

Conforme dados elaborados pela Abicalçados, as exportações de calçados somaram US$ 389 milhões no primeiro semestre, geradas pela comercialização de 57 milhões de pares.

As altas são de 17,7% em receita e de 32,3% em volume no comparativo com a base deprimida de 2020, no mesmo período do ano passado, quando o mundo conheceu a pandemia do novo coronavírus. Já no comparativo com o período pré-pandêmico, no primeiro semestre de 2019, ocorreram quedas de 19% em receita e de 0,3% em volume.

O valor menor gerado pelas exportações, explica a Abicalçados, se dá em função do ajuste de preços para o mercado internacional, já que com o dólar mais valorizado é possível conceder valores mais competitivos.

Segregando apenas o mês de junho, em 2021 foram embarcados 7,78 milhões de pares, que geraram US$ 65,47 milhões, altas de 116% em volume e de 84% em receita no comparativo com a base deprimida de junho passado. Já no comparativo com junho de 2019, já há avanço de 19,7% em pares e a queda é de 2,6% na receita gerada.

Jornal do Comércio