FIERGS lança agenda legislativa com mais de 60 projetos de interesse da indústria

FIERGS lança agenda legislativa com mais de 60 projetos de interesse da indústria

05/05/2021

Dividida em sete áreas temáticas, a Agenda Legislativa da FIERGS 2021 foi lançada oficialmente nessa segunda-feira (3), em evento que contou com a presença do presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gabriel Souza, e do coordenador do Conselho de Articulação Parlamentar (Coap) da FIERGS, Cláudio Bier. "A Agenda Legislativa tem o propósito de posicionar a entidade frente a possíveis amarras que possam atrasar ainda mais a retomada do desenvolvimento da sociedade gaúcha. Esse documento é um mapa de voo, que pode nos levar ao destino correto. Temos divergências, todos têm, mas conversando com parlamentares conseguimos avançar muito", disse Petry, em sua manifestação de abertura.

A Agenda Legislativa da FIERGS tem como objetivo divulgar o entendimento da entidade acerca dos efeitos, sobre o setor industrial, de mais de 60 matérias protocoladas pelos deputados estaduais, reforçando a interlocução com os parlamentares. "Mesmo nas divergências, temos condição de dialogar e encontrar soluções, e a Assembleia Legislativa está buscando preparar o Estado para as oportunidades que o mundo oferecerá pós-pandemia", afirmou Souza, prevendo que a educação será a próxima demanda a surgir no cenário posterior à crise.

A FIERGS selecionou 65 projetos, dentre 93 matérias de 2020, escolhidos tendo como critérios o grau de interesse para o setor industrial e a perspectiva de avanço na tramitação. A publicação traz o posicionamento técnico que chega aos gabinetes e assessorias dos deputados estaduais na forma de pareceres das equipes técnicas dos conselhos temáticos da Federação e pode ser acessada no site da FIERGS no endereço: https://bit.ly/3xMfUDi. Está dividida nas áreas temáticas Agroindústria, Infraestrutura, Inovação e Tecnologia, Meio Ambiente, Relações do Trabalho, Sistema Tributário e Interesse Setorial. Nos sete capítulos, haverá a descrição de cada projeto, identificação de seu autor, a situação básica da tramitação e o posicionamento da entidade.

Comunicação da FIERGS