Desempenho da pequena indústria cresce e se aproxima da média histórica

Desempenho da pequena indústria cresce e se aproxima da média histórica

14/08/2020

A crise provocada pela pandemia do novo coronavírus arrefece, mas ainda pode ser percebida nos dados do Panorama da Pequena Indústria do segundo trimestre. O estudo da CNI revela que o desempenho, a situação financeira e a confiança da pequena indústria estão abaixo da média histórica e dos patamares registrados no início do ano. Apesar do cenário negativo, as pequenas indútrias acreditam que a situação vai melhorar. Com uma alta de 6,6 pontos, o Índice de Perspectiva chegou a 46,1 pontos e ultrapassou em 0,8 ponto a média histórica.  

A elevada carga tributária voltou a ocupar o posto de principal problema enfrentado em todos os segmentos industriais no segundo trimestre. Na indústria de transformação, a demanda interna aparece logo em seguida como segunda maior dificuldade. Resultado da redução ou mesmo paralisação da produção na pandemia, do impacto no comércio internacional e da interrupção das cadeias de logística, a falta ou alto custo da matéria-prima assumiu a terceira posição no ranking no segundo trimestre de 2020.

O Índice de Desempenho da pequena indústria registrou alta de 7,5 pontos, para 41,3 pontos. É a segunda alta consecutiva desde o tombo registrado em abril, quando o indicador ficou em 27,1 pontos. Ainda assim, o dado mostra que a atividade da pequena indústria abaixo da média histórica de 42,8 pontos.

Portal da Indústria