Parceiros da MEI apresentam ações de combate ao novo coronavírus

Parceiros da MEI apresentam ações de combate ao novo coronavírus

26/03/2020

Parceiros da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), liderada pela CNI, divulgaram medidas tomadas para contribuir para a mitigação dos efeitos da pandemia do novo coronavírus. As iniciativas vão desde a ampliação de crédito e a suspensão de pagamentos de dívidas até o lançamento de chamadas para projetos que resultem em inovações tecnológicas voltadas para o diagnóstico e tratamento dos doentes da Covid-19.

O investimento em inovação é essencial para potencializar esforços na busca por soluções para os problemas causados pela pandemia. O Senai e o Sesi têm colocado sua estrutura de inovação a serviço do combate ao coronavírus. Além disso, o Edital de Inovação para a Indústria ganhou uma nova categoria no valor de até R$ 10 milhões: Missão contra Covid-19.

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), por sua vez, aumentou o aporte de recursos não reembolsáveis para empresas desenvolverem projetos de combate ao coronavírus. No modelo tradicional, a EMBRAPII arca com até um terço do valor dos projetos, mas agora o estímulo é maior, ampliando o percentual deste aporte para projetos ligados ao enfrentamento da pandemia. Além de flexibilizar a regra de um terço, a Embrapii destinou R$ 6 milhões, sendo R$ 2 milhões da parceria com o Sebrae, para projetos de startups e pequenas empresas, associadas ou não a médias e grandes empresas.

O BNDES anunciou medidas em caráter emergencial. As novidades somam R$55 bilhões e incluem a transferência de recursos do Fundo PIS-PASEP para o FGTS; a suspensão temporária de pagamentos de parcelas de financiamentos diretos e indiretos para empresas; e a ampliação do crédito para micro, pequenas e médias empresas.

Portal da Indústria