Como a inteligência artificial contribui para disseminação da indústria 4.0?

Como a inteligência artificial contribui para disseminação da indústria 4.0?

05/03/2020

A interação entre máquinas e humanos é a marca da Inteligência Artificial e da consolidação da Indústria 4.0. Desse modo, a automatização dos processos não significa a redução de postos de emprego, mas, sim, uma conexão cada vez mais orquestrada entre trabalhadores e equipamentos tecnológicos. Por isso, confira alguns benefícios das fábricas inteligentes:
Segurança e redução de erros
O aprimoramento de algoritmos capazes de avaliar e resolver situações cada vez mais complexas permite que as falhas na cadeia produtiva sejam identificadas de forma precisa e possam ser rapidamente evitadas ou consertadas. Uma vantagem desse trabalho preventivo, fruto de um monitoramento dos padrões de produção e de técnicas de inspeção visual, é que também são reduzidas as chances de algum acidente na fábrica. Além disso, máquinas inteligentes podem ser usadas em contextos de trabalho que seriam nocivos aos humanos. 
Agilidade e eficiência
Se tem uma coisa que a empresa ganha com a automação é tempo. Afinal, processos mais ágeis são resultados de etapas integradas e dinâmicas. Nesse sentido, a Inteligência Artificial tem, como um dos objetivos, aumentar de forma qualificada a produção das máquinas, identificando os padrões e melhorando seu próprio funcionamento. Como exemplo, tem-se a realização de tarefas repetitivas por robôs, em que há ganho de tempo e eficiência simultaneamente.
Modernização e competitividade
Essas são, mais do que vantagens, consequências do desenvolvimento da Indústria 4.0. Como você já percebeu, as etapas da cadeia tendem a ficar mais tecnológicas e modernas. Acontece que, nem só o processo se moderniza, como o resultado final também é melhor. Isso porque tais tecnologias podem ser usadas no desenvolvimento de produtos mais úteis e adequados às necessidades do cliente, além de terem um design moderno. Um exemplo, aqui, é do design generativo. Nele os produtos são concebidos pelo cruzamento de algoritmos e regras programadas para atender melhor aos dados captados de diferentes fontes para produção de algo personalizado para o consumidor final.

Comunicação do Senai