Reunião da Abrameq teve apresentação de modelo inovador para cobrança de vendas

Reunião da Abrameq teve apresentação de modelo inovador para cobrança de vendas

17/10/2019

A reunião mensal dos Conselhos de Administração e Fiscal da Abrameq, realizada nesta quarta-feira (16), ao meio-dia, teve na primeira parte, em conjunto com os integrantes do Grupo de Vendas, apresentações sobre vendas de máquinas via cartão de crédito.

No primeiro momento, Gustavo Costa de Lima, gerente de Comércio Exterior do Banco do Brasil, falou sobre ferramentas de proteção cambial, evitando perdas com a flutuação de moedas. Mencionou que o Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC) é a mais utilizada, mas lembrou que é um financiamento, com um custo variável, hoje em uma faixa média de 6% ao ano. Outra alternativa apresentada foi o Adiantamento sobre Cambiais Entregues (ACE), que é feita depois do embarque realizado. Ainda mencionou o Proex, que cobra atualmente uma taxa de juros baixa quando o negócio for realizado em dólares e zerada se for em euros. Outra modalidade é o Sistema de Pagamentos em Moedas Locais (SML), em que não há um contrato, mas somente pode ser utilizado em exportações para Argentina, Uruguai e Paraguai. E ainda falou sobre o Seguro de Crédito à Exportação (SCE). Finalmente, citou a Carta de Crédito, que apresenta restrições em relação a negócios com alguns países.

A seguir, Jéssica Lauffer, da Cielo, apresentou o Sistema de pagamento por link, destacando que ele é totalmente seguro, por não existir a possibilidade de clonagem de cartão. Também sublinhou que não há cobrança de mensalidade, podendo ser utilizado nos mercados interno e externo. Observou ainda que neste sistema o cliente pode pagar através de débito, crédito, parcelamento ou QR Code. Acrescentou que pode ser utilizado inclusive como ferramenta para cobranças.

Na segunda parte da reunião, houve o sorteio das empresas associadas contempladas com a etapa experimental do Projeto das Redes Sociais, sem custo. As empresas sorteadas foram a Gemata, do setor máquinas para couro, e a Onix para o setor de máquinas para calçados.

Também foram abordadas novas modalidades de sócio, um formato alternativo de exposição em feiras internacionais, bem como uma proposta de campanha para fortalecer a imagem do setor de máquinas.